5 vantagens e desvantagens de comprar uma franquia

Decidir se comprar uma franquia é um processo que pode ser intimidante, portanto, neste artigo apresentamos 5 vantagens e desvantagens de comprar uma franquia, para que você possa analisar os prós e os contras antes de iniciar este novo empreendimento comercial.

Comprando uma franquia: Ainda é um bom negócio?

O ano de 2019 viu surgir 759.000 novas unidades de franquia gerando mais de $760 bilhões em vendas e proporcionando empregos diretos e indiretos a mais de 8 milhões de pessoas somente nos Estados Unidos.

Durante 2021, apesar dos efeitos negativos do fenômeno pandêmico Covid-19, a franquia manteve uma taxa de crescimento de cerca de 10%, indicando que este número aumentará até 2022 e a tendência continua a crescer.

Decidir se investir em uma franquia pode ser a decisão mais importante de sua vida, portanto, você deve abordá-la com um entendimento completo do que significa ser dono de uma franquia da perspectiva de um investidor.

Cinco coisas a serem examinadas antes de comprar uma franquia

Há cinco aspectos fundamentais que você deve analisar quando estiver no processo de decidir se vai fazer o investimento de comprar uma franquia, e que determinarão o sucesso e o futuro da franquia.

Número um: Por que você quer comprar uma franquia?

Para começar, é importante analisar as razões que podem motivá-lo a iniciar este empreendimento, se seu principal interesse é substituir sua fonte de renda e deixar um emprego em tempo integral ou uma posição a nível corporativo.

Talvez você esteja procurando possuir seu próprio negócio que lhe permita sustentar sua família, ou simplesmente ganhar uma renda adicional para o momento em que você se aposentar de seu emprego.

Outra razão que pode motivá-lo a comprar uma franquia é o desejo de investir seu dinheiro em um negócio lucrativo, com a intenção de gerar riqueza real através de uma franquia bem sucedida.

Conhecer em profundidade as razões pelas quais você quer comprar uma franquia terá um impacto direto em todas as decisões que você tomar durante o processo de compra da franquia.

Estas razões afetarão o tipo de franquia em que você investirá, se você será um proprietário ausente ou um participante ativo no negócio, em que tipo de indústria você estará envolvido ou se será uma atividade orientada a serviços.

É por isso que é necessário analisar quais são os objetivos que você está perseguindo ao comprar uma franquia e quais são as razões que o motivaram a fazer este importante investimento.

Número dois: O investimento

O segundo aspecto a analisar é o aspecto econômico, ou seja, o dinheiro, já que, em média, a aquisição de uma franquia e seu início custa aproximadamente 250.000 dólares, o que é um investimento considerável.

Se seu desejo é adquirir uma franquia na indústria de restaurantes, o custo desse investimento estará no extremo superior deste valor, devido ao investimento em equipamentos necessários para este tipo de negócio.

Uma franquia, dependendo do tipo de franquia, pode levar de dez mil a milhões de dólares para abrir operações, e isto deve assustá-lo porque há muitas pessoas que perderam grandes quantidades de dinheiro investindo no tipo errado de franquia.

O dinheiro é uma das coisas mais importantes a considerar, pois em última análise é sua situação financeira que determinará qual direção você pode tomar para investir em uma franquia.

Muitas empresas têm requisitos específicos de investimento, exigindo uma quantia de capital ou dinheiro líquido de investidores potenciais para se qualificarem para comprar uma de suas franquias.

Algumas franquias de serviços de limpeza, por exemplo, requerem apenas um investimento inicial de dez mil dólares, de modo que suas necessidades de patrimônio líquido provavelmente serão muito menores.

Um ponto a ter em mente é que quanto menos investimento em dinheiro uma franquia exigir, mais esforço e trabalho você, como investidor, terá que colocar em prática.

Investir em uma franquia é uma decisão muito séria e importante que deve ser tomada com o máximo de conhecimento possível porque, como já dissemos anteriormente, muitas pessoas perderam suas economias de vida em um mau investimento.

Número três: Instalações existentes ou novo local

Este aspecto a considerar é muito importante, pois ao adquirir uma franquia existente, que tem uma carteira de clientes, vendas registradas, cadeia de fornecimento e fornecedores e já está gerando lucros, a probabilidade de que seja um negócio de sucesso é significativamente maior.

Ao adquirir um negócio que já está em operação, o valor do negócio é baseado na quantidade de receita que está gerando atualmente, portanto a probabilidade de sucesso é maior.

Quando você entra em discussões com uma franquia, é importante perguntar se eles têm locais existentes para venda, já que isto não é informação que eles normalmente oferecem voluntariamente a potenciais novos investidores, pois um de seus principais objetivos é abrir novos locais.

Como regra geral, as empresas de franquia estão muito orientadas para a abertura de novos pontos de venda da mesma loja, pois esta política comercial aumenta as vendas dos locais que já possuem, o que revela que esta empresa tem os interesses destes franqueados em consideração.

A segunda possibilidade é investir em um novo local, o que implica em um risco de investimento maior, pois estão construindo um negócio a partir do zero, que, por razões óbvias, não tem o apoio de uma base de clientes estabelecida.

Estas empresas também não possuem uma equipe treinada ou processos de trabalho estabelecidos, mas têm, entre outros benefícios, a possibilidade de poder escolher a melhor localização para o negócio em uma excelente área comercial.

Eles lhe dão a possibilidade de escolher uma área comercial onde não há concorrência direta para seu tipo de estabelecimento ou serviços, portanto é necessário analisar os prós e os contras de comprar um local existente ou abrir um novo.

Número quatro: Você

O aspecto mais importante para o sucesso ou fracasso de um negócio de franquia é você como proprietário, que começa com o processo de seleção da empresa na qual você quer investir.

Todo o trabalho e esforço que você coloca nele, as perguntas e pesquisas de mercado que você realiza, a escolha do local possível para as instalações comerciais e, em suma, todo o processo do início ao fim.

A única constante em todo este processo é você, portanto, se você tem um histórico de dificuldades para tomar boas decisões, isto pode afetar sua capacidade de ser bem sucedido como um franqueado.

Se você vai investir uma grande quantia de dinheiro em um negócio de franquia, você precisa fazer uma auto-análise e ter certeza de que está pronto para assumir este desafio e se comprometer totalmente a levá-lo adiante.

Você precisa analisar se a franquia que deseja adquirir está alinhada com as habilidades e conhecimentos que você possui como profissional e como indivíduo, ou se ela envolve aspectos ou questões com os quais você é verdadeiramente apaixonado.

Você provavelmente não possui as habilidades práticas necessárias para abrir um novo empreendimento, mas você tem o conhecimento financeiro e comercial necessário para colocá-lo em funcionamento, portanto, seus pontos fortes estão nas operações financeiras e comerciais que lhe permitem recrutar as pessoas mais qualificadas para fornecer esse conhecimento.

Você também precisa considerar se seu estilo de vida é compatível com a posse de uma franquia, pois este tipo de negócio apresenta desafios constantes que muitas vezes perturbam suas atividades e horários.

Se você está acostumado ao conforto normal de um trabalho corporativo, onde uma vez que sai do escritório você pode deixá-lo para trás e ele não interrompe suas atividades em casa, você deve considerar até que ponto você quer investir em uma franquia.

As responsabilidades e desafios de possuir um negócio de franquia perturbam a vida normal dos franqueados, então o que você precisa avaliar é se as recompensas que você planeja colher do negócio valem o sacrifício ao seu estilo de vida.

Estas recompensas incluem não apenas o aspecto financeiro dos benefícios, mas a possibilidade e flexibilidade de ser seu próprio patrão, estabelecer suas próprias horas, passar mais tempo de qualidade com a família e amigos, tudo isso são benefícios intangíveis de possuir seu próprio negócio.

É importante ter em mente que você terá que fazer alguns sacrifícios ao seu estilo de vida se você for proprietário de uma franquia, pois isso envolve muitos desafios reais e às vezes leva alguns anos para ver os frutos de seu trabalho.

Número cinco: Fique com o sistema

Quando você compra uma franquia, o aspecto mais relevante é que você está comprando um nome, um processo operacional e um sistema comercial completo, portanto você tem que concordar em seguir este sistema pré-estabelecido.

Se você é uma pessoa que não gosta que lhe digam o que fazer, ou que tem problemas com autoridade ou que segue as regras tradicionais, ou sempre pensa fora da caixa, comprar uma franquia pode não ser uma opção para você.

Neste caso, talvez seja melhor iniciar seu próprio negócio que você possa desenvolver de acordo com suas próprias regras, pois o principal objetivo do franchising é seguir o sistema estabelecido por esta empresa.

Fazer coisas diferentes do que a empresa montou pode lhe trazer problemas com a empresa franqueada, o que pode resultar em multas ou até mesmo processos judiciais.

É muito importante que você tenha a capacidade de seguir o sistema, os processos e as regras estabelecidas pela empresa franqueada e, se não estiver interessado nisto, não invista neste negócio.

Isto não significa que você não possa ser criativo e usar suas próprias idéias e suas próprias habilidades e talentos para desenvolver seu próprio negócio, pois você precisará colocá-las em prática para garantir seu sucesso, sempre fazendo isso dentro das operações do sistema.

É aconselhável fazer contato com alguns franqueados estabelecidos para ver quão flexível a empresa de franquia é, e quão receptivos eles são às idéias que os franqueados apresentam.

Bônus número seis: Estratégia de saída

Como um franqueado, você precisa estar 100% comprometido com o empreendimento, pois a falta de comprometimento é a causa número um do fracasso comercial.

Entretanto, você precisa ter uma estratégia de saída, porque você é dono de um negócio e não viverá para sempre, ou as coisas podem dar errado ou podem acontecer mudanças em sua vida que o obriguem a vender ou sair do negócio.

Ser claro sobre sua estratégia de saída o ajudará a determinar quais decisões tomar e estabelecer diretrizes para a gestão do negócio pelo tempo que você quiser mantê-lo.

Você deve ter certeza de quanto tempo quer administrar o negócio antes de se aposentar e se vai vendê-lo ou transmiti-lo a um filho, neto ou membro imediato da família.

Saber qual será sua estratégia de saída o ajudará a tomar as decisões que você precisa tomar, agindo de acordo com o horizonte de tempo que você definiu para este negócio.

Você deve levar em conta se este negócio sofrer mudanças que você não pode prever, se você não gostar mais dele ou se ele não produzir os lucros que você esperava, para que você possa estar preparado para lidar com estas contingências.

Para isso também é aconselhável rever essas franquias existentes, conhecer as razões pelas quais elas estão sendo colocadas à venda, o valor que elas têm em termos dos lucros que produzem.

Fazer seu planejamento e estratégia de saída é importante porque quanto mais esforço e dedicação você colocar no início do negócio, melhor preparado você estará no final dele.

 

Cansado de discordar com a entrega?

Disponibilidade de motoboys sempre para o seu restaurante!

rapiboy empresa de delivery y logistica para restaurante

Ainda não está a receber conselhos sobre como cultivar o seu restaurante?

Dicas simples e aplicáveis – não perca as nossas #RapiTips!